Português Italian English Spanish

Cris Barreto - Treinamento de cães

 crisbarretoadestradora@gmail.com  /crisbarretoadestradora    @crisbarretoadestradora;    (11) 97654-1880
Menu

Passear sem puxar


Dicas para passear sem puxar a guia
Por Cris Barreto

Passear com nosso cão é uma atividade prazerosa e como sabemos traz benefícios para ambos, mas muitos cães não sabem o que esperamos deles e o passeio acaba se tornando um tormento.
Vamos ensinar seu cão a passear sem puxar a guia, mas antes devemos estar preparados para irmos para a rua.

Acessórios
Os acessórios que utilizamos são fundamentais para o sucesso do passeio.
O indicado é uma coleira resistente e ajustada no pescoço do cão, que não escape pela cabeça e uma guia simples e resistente de 1,5 m.
Também é essencial a placa de identificação, para a segurança do seu cão e o saquinho para recolher o cocô e não causar problemas com a vizinhança.
No caso de passeios longos não podemos esquecer a garrafa de água fresca para o nosso melhor amigo.

Bem estar
Existem outros fatores que precisamos considerar antes de ir para a rua, entre eles, o cão não pode estar com fome, ter acabado de apreciar uma refeição, estar com dor, ou necessitado de ir ao banheiro, entre outras coisas, ou seja, ele precisa estar bem disposto para que possa aprender o que esperamos dele durante o passeio.
Lembre-se o passeio é um trabalho de equipe e do outro lado da guia, você, também precisa estar bem e disposto a treinar seu cão, afinal sem a sua dedicação o passeio está sujeito ao fracasso.

Ação
Os preparativos foram feitos agora entra a técnica + prática = sucesso.
O ideal é iniciarmos o treino em casa, com menos distrações, depois quintal, garagem, rua e parques.

A regra é puxou parou. O cão tem que entender que ele nunca chegará a nenhum lugar puxando.
Primeiro exercício – Pegue algo que seu cão queira, como uma bolinha. Coloque a uma distância de três metros. Com o cão na guia, caminhe no sentido do objeto de desejo. Estimule o cão a te seguir. Toda vez que seu cão puxar a guia, você deve simplesmente parar e não ter nenhuma outra reação. Assim que ele afrouxar a guia, continue andando na direção do objeto. Faça isso até chegar ao objeto que será a sua recompensa. Então, pegue a bolinha e brinque com ele.
O importante é parar quantas vezes for necessário, puxou parou, a precisão é fundamental para o sucesso do exercício.
Se o seu cão insistir em puxar a guia, você muda completamente de direção quantas vezes forem necessárias.
Sugestão de objeto de desejo: um petisco, um brinquedo, o pote de ração, uma pessoa que ele goste e outros.
Segundo exercício – caminhar com o cão na guia é recompensar todas as vezes que ele acompanhar sem puxar.
A recompensa pode ser um pedaço de petisco ou um carinho, a escolha vai depender do que funciona com o seu cão.
Com o tempo vá espaçando a recompensa até não precisar mais, porque o próprio passeio e a chance de cheirar a rua será sua recompensa.
Lembre-se: Treino, técnica e dedicação para que seu cão passeie sem puxar a guia.
Bom treino!

Um grande abraço
Cris Barreto
www.adestre.com.br